Sintomas de Câncer de Mama: O Que Observar

Câncer de Mama é uma Doença que pode afetar todas as pessoas, apesar de ser mais comum para as mulheres. É importante estar ciente de que ela pode não apresentar sintomas inicialmente, além de conhecer possíveis sinais nessa condição.

Hoje vamos comentar sobre alguns sintomas que podem ocorrer, além de explicar quando eles podem surgir. Continue a leitura para saber mais!

Sintomas de Câncer de Mama: O Que Observar

O câncer de mama sempre apresenta sintomas? Como é possível identificar a doença?

câncer de mama nem sempre apresenta sintomas desde o início. Em muitos casos, a doença se desenvolve de forma assintomática nas fases iniciais. 

Por isso, é fundamental realizar exames de rotina, como a mamografia, para detectar o câncer de mama mesmo se não houverem sintomas.

Quais são possíveis sintomas de câncer de mama?

Os sintomas mais comuns do câncer de mama incluem a presença de um nódulo na mama ou na axila, alterações na forma ou tamanho da mama, mudanças na textura da pele, como enrugamento ou covinhas, secreção mamilar anormal, como sangue ou pus, e dor ou sensibilidade persistente na mama, entre outros.

É importante ressaltar que os sinais podem variar amplamente de uma pessoa para outra. Nem todas as pessoas apresentarão todos esses sintomas e eles podem se manifestar de forma diferente em estágios distintos da doença.

O que fazer ao suspeitar que você tem um sintoma de câncer de mama?

Ao suspeitar de um sintoma de câncer de mama, é fundamental agir prontamente seguindo estas diretrizes:

  • Consulte um médico: Marque uma consulta com um médico especializado em saúde da mama, como um mastologista, para uma avaliação profissional;
  • Confira a qualificação do médico e a disponibilidade para essa consulta: é importante escolher um médico que tenha uma boa formação na área de saúde das mamas, seja experiente e, também, tenha vaga para uma consulta em breve, para que você não espere muito para examinar esse sintoma; 
  • Realize exames: Seu médico pode solicitar exames, como mamografia, ultrassonografia mamária e ressonância magnética, para avaliar a situação da mama. Uma biópsia pode ser necessária para confirmar se é câncer ou não;
  • Consulte um oncologista: Se o diagnóstico for câncer de mama, consulte um oncologista para discutir as opções de tratamento. Vale considerar a formação, a reputação, a disponibilidade e a comunicação do profissional, sendo indicado escolher um médico com quem você se sinta confortável e que se comunique de forma respeitosa com você;
  • Tenha um sistema de apoio: Compartilhe sua situação com pessoas já conhecidas ou busque novas pessoas para receber suporte emocional durante o tratamento. Grupos de apoio são ecemplos de locais que podem trazer esse suporte, ou mesmo profissionais da área ou de psicologia podem ter um papel importante;
  • Mantenha o acompanhamento: Siga as orientações médicas, faça exames de acompanhamento regularmente e tenha um estilo de vida saudável para otimizar suas chances de recuperação.

Não hesite em buscar ajuda médica ao suspeitar de sintomas de “Câncer de Mama”. A busca por assistência adequada é muito importante. 

Esperamos que o conteúdo tenha ajudado. Para conferir a disponibilidade de horários, você pode entrar em contato!


O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.